Curiosidade

Publicidade em podcasts americanos deve bater $220 Milhões este ano

29/06/17 - ISSOaí Design

Se no Brasil a mídia ainda luta para se consolidar no mercado digital, nos EUA os podcasts são a plataforma que mais cresceu no último ano!

Em um relatório lançado recentemente pela Price Waterhouse Coopers US, os podcasts em território americano baterá um crescimento de 85% em receita de publicidade em relação a 2015. Isso significa uma receita de $220 milhões alocados apenas para esta mídia.

Não é de hoje que os podcasts tem ganhado cada vez mais força nos EUA. Nos anos anteriores a receita já tinha tido um aumento de 73% entre 2015 e 2016.

Reconhecido como uma poderosa mídia de marketing digital, os podcasts continuam se adaptando a realidade de seus ouvintes, e talvez esse seja o seu grande diferencial. Por ser uma mídia flexível, barata e que possibilita a multi-tarefa, o podcast encontra no mercado americano sua raiz e se consolida por sua diversidade.

Por outro lado, é impossível não comparar o mercado americano com o brasileiro.

A tecnologia que envolve os podcasts (tanto em acesso quanto em produção) é mais acessível nos Estados Unidos. Para se ter uma ideia, se pensarmos que um dos diferenciais dos podcasts é estar no seu celular, tablet ou notebook, podendo ser escutado a qualquer momento, temos que levar em conta que o Brasil está em 72º no ranking global de taxa de acesso às tecnologias da informação, enquanto os EUA dominam a categoria.

Isso significa que o mercado digital no Brasil ainda é muito embrionário. O que fortalece a insegurança das agências/empresas em investir sua receita de publicidade nos podcasts (digital) e contribui para que as mídias tradicionais (TV, Jornais, Revistas) continuem abocanhando uma fatia considerável da receita publicitária.

Essa maturidade do mercado americano, é um divisor de águas para as empresas e agências. Hoje é possível ver marcas do setor bancário, entretenimento, indústrias, investindo no digital nos EUA.

Certamente o mercado nacional ainda terá que se adaptar. A inclusão digital continua avançando, ano após ano, e o investimento tem crescido. Podcasts continuam provando (em condições propícias) que é uma mídia poderosa e influente. Para se consolidar no mercado, ainda falta conhecimento do público, maturidade dos anunciantes, e persistência dos produtores.